Peelings

O peeling químico consiste na aplicação tópica de determinadas substâncias químicas capazes de provocar a remoção da pele em diferentes graus. Isso significa que haverá descamação e troca da pele. Os peelings são utilizados para o tratamento de algumas alterações, como: manchas de sol, do melasma e acne. Peelings

Ele também é capaz de melhorar as cicatrizes e o envelhecimento da pele, pois renova as células, melhorando a flacidez e rugas.Os peelings químicos também podem ser feitos no corpo, como: pescoço, colo, braço e mãos, respeitando as restrições e características de cada local. Os peelings são classificados, conforme a sua capacidade de penetração:

  1. superficial
  2. médio
  3. profundo

Existe Algum Preparo da pele?

É um período que pode ser de alguns dias a semanas antes do peeling, reservado à preparação da pele. A Clinica Basile oferece esse preparo, incluindo hidratação, fotoproteção. O foco é na eliminação de manchas preexistentes e diminuição suave da espessura da camada córnea, que é conseguida com a aplicação de cremes prescritos pelo dermatologista.

Qual intervalo entre os peelings?

A clinica Basile oferece peeling individualizados e personalizados, após a avaliação do dermatologista. Os peelings superficiais, em geral, são realizados com intervalos que variam de uma semana a 15 dias, numa série de 5 a 6 peelings.

Sua indicação é para rugas muito suaves, manchas superficiais da pele, acne leve e fotoenvelhecimento leve.

Os peelings médios, em geral, são aplicados uma única vez, mas podem ser repetidos mensal, bi ou trimensalmente.

A indicação desse peeling é para a pele fotoenvelhecida, melhorando rugas e sulcos suaves a moderados, para cicatrizes superficiais, queratoses actínicas e alguns casos de hiperpigmentação.

O peeling profundo mais utilizado é o de fenol sua aplicação é única.

A maior indicação desse processo é para o envelhecimento severo da pele e para cicatrizes de acne.

Existem Complicações?

O peeling deve ser indicado e realizado pelo médico. Somente o dermatologista especialista é capaz de escolher o melhor produto químico na concentração adequada e também dominar os efeitos colaterais que possam estar envolvidos. A Clinica Basile oferece dermatologista com experiência em todos os tipos de peelings. As principais complicações são: eritema, hiper ou hipopigmentação, cicatriz, infecção, prurido e dor.

Eu tenho indicação para o Peeling?

Os peelings químicos podem ser indicados para o tratamento de várias alterações de pele como:

  1. Manchas
  2. Melasma
  3. Melanoses Senis
  4. Cicatrizes
  5. Fotoenvelhecimento
  6. Renovação Celular (independente da idade)

Os principais objetivos do peeling químico nestes tipos de tratamento podem ser sumarizados em dois pontos básicos:

  • Eliminação das camadas danificadas da epiderme
  • Renovação das células da epiderme

Peeling químico é um procedimento médico, pois as condições clínicas do paciente precisam ser conhecidas, assim como o potencial e característica das substâncias utilizadas. Para isso escolha um dermatologista titular da sociedade brasileira de dermatologia.

Quais são as contra indicações?

O paciente deve ser previamente avaliado, discutido os riscos para a partir daí indicar ou não o peeling. Devem ser evitados em pessoas muito idosas, (acima de 80 anos), cardíacos, diabéticos, Grávidas ou indivíduos em tratamento com drogas que induzem a pigmentação (tetraciclína, anticonvulsivantes, amiodarona, etc). Quando o candidato ao Peeling utilizou a medicação da família dos retinóides (isotretinoína ou etretinato), deve ser aguardado no mínimo seis meses após o término da medicação para realizar o Peeling químico.

O que acontece após o peeling?

O peeling químico deve ser realizado em ambiente adequado como um procedimento cirúrgico e a procedência dos agentes químicos deve ser confiável, a Clinica Basile oferece toda essa infra estrutura necessária. Nos dias subseqüentes ao Peeling químico é necessário limpar bem a pele, evitar a manipulação da crosta e usar filtro solar. Sempre ocorrerá a formação de uma crosta que será mais fina ou mais espessa dependendo da profundidade do peeling. Esta crosta (casca) não deve ser arrancada e sim sair naturalmente. O cuidado com o sol é imprescindível durante pelo menos um mês após peeling.

Tenho a pele negra, posso fazer peeling?

A pele negra é mais propensa às manchas, pois é muito competente na produção de melanina. Dessa maneira a avaliação e a discussão entre o dermatologista e o paciente sobre o custo-benefício deve ser bem claras. Assim existe alternativas, porem evitamos peelings profundos e agressivos.

Faça um orçamento